10 de mar de 2011

Esportes: Bonde do Fla volta aos trilhos depois dos dias de folia

Fonte: O Dia Online


POR VITOR MACHADO
Rio - O Flamengo tenta provar nesta quinta-feira que não perdeu o fôlego no Estadual, depois da maratona carnavalesca. O time de Vanderlei Luxemburgo enfrenta o Bangu , às 19h30, em Macaé, com a missão de curar a ressaca da folia e mostrar que ainda tem muita festa pela frente nesta temporada. Com a autorização da diretoria e da comissão técnica, todos pularam e cantaram sem patrulha e cumpriram seu dever de comparecer aos treinos. 

Invicto no ano, Vanderlei Luxemburgo não tem motivos para sentir dores de cabeça. Sem medo de sofrer pressão por liberar a folia, o treinador desvincula os dias de festa conciliados com treinos de qualquer possível derrota. Mesmo assim, defende que haja sensibilidade dos dirigentes para não marcarem jogos logo após a festa, que tem em comum com o futebol a popularidade e os holofotes da mídia.

“A TV poderia colaborar. Ela também ganha com o Carnaval, que é visto como atração turística. Colocar jogo na Quarta-feira de Cinzas não é legal. Aí colocam que o Ronaldinho foi para o Carnaval, como se fosse proibido. Em dois dias de Carnaval não dá para perder o condicionamento físico. Mas, se perder o jogo, vai se discutir isso, a torcida vai vaiar porque o cara brincou no Carnaval... Isso não é legal”, disse.

A festa mais popular do País, que tem como principal vitrine o Rio, atrai turistas do mundo inteiro. Ver de perto a beleza do Carnaval carioca seduz brasileiros de todos os lugares, além de estrangeiros. Gaúcho, Ronaldinho não poupou energia na Avenida. Além de desfilar em três escolas, foi coroado no Baile do Vermelho e Preto e ainda saiu com o seu bloco ‘Samba, Amor e Paixão’. 

Outro que não dispensa o Sambódromo é o volante chileno Maldonado. Este ano, o jogador foi pela segunda vez assistir aos desfiles na Sapucaí. Em 2010, mostrou ser pé-quente e torceu para a Unidos da Tijuca, que se sagrou campeã. 

Na quarta-feira, repetiu a preferência, mas não teve a mesma sorte. Após aproveitar o show de camarote, queria apenas mais tempo para recarregar as energias: “Deveria ter mais dias para a gente descansar. O País para no Carnaval. Teria que haver um tempo maior para a gente se recuperar. As coisas só voltam ao normal amanhã (quinta-feira). Atrapalha o trabalh

Nenhum comentário:

BlogBlogs.Com.Br