2 de jul de 2011

Antecipação do 13º nas contas dos servidores

Fonte: O Dia Online


União e Prefeitura do Rio pagam primeira parcela do abono natalino. Governo do estado libera benefício no fim do mês

Rio - Julho é um mês de dinheiro a mais no bolso para quase dois milhões de servidores públicos, aposentados e pensionistas das três esferas (União, estado e Prefeitura do Rio). Neste período, o funcionalismo recebe antecipado a primeira parcela do décimo terceiro salário. Os primeiros a ter o abono depositado em conta são os servidores da União e do Município do Rio. O estado paga seu funcionalismo no fim deste mês.

Ontem, o governo federal creditou 50% do 13º de uma parte dos 1,3 milhão de servidores. Hoje, o abono sai para os demais. Não receberam agora a parcela, segundo o Ministério do Planejamento, os funcionários da União que pediram antecipação do benefício nas férias ainda no primeiro semestre do ano.Decreto do prefeito Eduardo Paes, publicado em 17 de junho, confirmou que o pagamento da primeira parcela do 13º salário dos servidores sairia ontem e 4 de julho, segunda-feira, mesmas datas em que são depositados os salários de junho. A determinação do Poder Executivo beneficiou 184.377 funcionários ativos, aposentados e pensionistas do município, das administrações Direta e Indireta.
Já o governo do Estado do Rio de Janeiro começa a pagar o abono natalino no dia 29 de julho para cerca de 420 mil funcionários ativos, inativos e pensionistas. 

Os servidores estaduais que recebem até R$ 950 terão o valor do 13º salário depositado integralmente na conta. Já para os que têm salário superior a R$ 950, será feita antecipação da metade. segundo o calendário do estado, a complementação do abono vai sair em 19 de dezembro.
CONFIRA AS DICAS
PAGAMENTO DE DÍVIDAS
Especialistas em finanças pessoais recomendam sempre que ao receber a primeira parcela do 13º o servidor liquide as dívidas do cheque especial, crédito rotativo do cartão e empréstimo pessoal.

POUPANÇA
Se sobrar algum dinheiro, após o pagamento das dívidas, o servidor pode aplicar o valor na caderneta de poupança, em um fundo DI, ou até mesmo em títulos do Tesouro Nacional.

NEGOCIAÇÃO
Caso o servidor queira comprar alguma coisa, deve aproveitar para pagar à vista, podendo negociar bom desconto por ter dinheiro na mão.

CONTA
O ideal é tentar guardar, se possível, uma parte da primeira parcela do 13º já pensando nas contas tradicionais de fim de ano e nas que vencem no início do ano seguinte, como IPVA, IPTU e matrícula das escolas.

SEM DESCONTOS
A primeira parcela entra nas contas sem quaisquer descontos, que serão compensados na segunda parcela do abono, em dezembro.

Nenhum comentário:

BlogBlogs.Com.Br