9 de abr de 2011

Homem acusado de estupro é preso em shopping de Botafogo

Fonte: O Dia Online


POR MARCO ANTONIO CANOSA
Rio - Policiais da Delegacia Especial de Atendimentop à Mulher (Deam) do Centro do Rio prenderam, na noite desta sexta-feira, um homem acusado de estuprar e roubar pelo menos cinco mulheres que conhecia através de sites de relacionamentos da internet. P.R.S.P., de 45 anos, foi preso após policiais criarem um perfil falso na internet e marcarem encontro, noShopping Rio Sul, em Botafogo, Zona Sul do Rio. 

Logo após a prisão, os agentes receberam, no celular do bandido, a ligação de uma mulher que havia acabado de ser estuprada por ele, depois de ser drogada por um remédio controlado. A mulher, cuja identidade não foi revelada, veio do Esprírito Santo para encontrar P., que a abandonou no shopping Plaza Rio, após drogá-la, abusar sexualmente e roubá-la. A vítima foi resgatada pelos policiais, levada a exame de corpo de delito, que constatou o abuso sexual, e liberada após prestar depoimento.

P.R.S.P. estava com duas facas, um cassetete, duas identidades falsas, cartões de bancos em nome de vítimas e remédios que eram usados para drogar as mulheres. Ele também estava com um carro, o SpaceFox placa HHT-9732, furtado em janeiro, em Del castilho, Zona Norte do Rio. Na delegacia, os policiais descobriram que P., também conhecido como Piloto ou Tenente, estava foragido da Justiça após cumprir 10 anos, de uma pena total de 42, por estelionato, estupro e assalto a mão armada. 

Segundo relato do próprio bandido, ele se cadastrava em sites de relacionamento, onde escolhia as vítimas de acordo com o perfil. "Escolhia as com nível superior e com dinheiro", revelou, acrescentando que usava a própria foto, e se dizia militar, mas que conquistava as vítimas "no papo". Ele disse que vinha atacando pela internet há cerca de 8 meses. Em seu perfil, ele se identificava como Marcello S e se descrevia como "feio solitário em busca da cara metade". Já nos livros, ele colocou "Mentes Perigosas", cuja autora, a psiquiatra Ana Beatriz Barbosa Silva, fala exatamente de psicopatas. 

Os policiais da Deam Centro passaram a investigar P. após quatro denúncias de estupro e roubo contra mulheres que o haviam conhecido pela internet. "Os ataques aconteciam sempre às sextas-feiras", contou um agente. Após várias conversas on line, o bandido fez questão de falar por telefone com a suposta interessada, a quem os policiais deram o nome de "Simone", no falso perfil criado. Para que o bandido não desconfiasse, uma policial falou com ele ao telefone e marcou o encontro no shopping da Zona Sul. Enquanto falava com a suposta mulher, o bandido era seguido por agentes, que lhe deram voz de prisão no corredor do shopping.

Frio, o bandido também contou ser muito fácil conquistar a confiança das mulhere pela internet, se dizendo militar. "A maioria fala a verdade no perfil, não mentem. Basta uma boa conversa", disse, revelando ainda que muitas mulheres viajavam de outros estados para encontrá-lo. A polícia acredita que haja mais vítimas do maníaco que não registraram queixa por vergonha. O bandido contou que sua atual mulher, com quem está casado há um ano, não sabia de sua atividade criminosa. "Eu dizia que trabalhava à noite, no aeroporto, com transporte de pessoas", contou. 

Segundo a polícia, P. entrou para a vida do crime após roubar uma arma da Marinha quando ainda era fuzileiro Naval e nunca mais saiu. Algum tempo depois, na década de 80, teria sido preso após realizar um assalto, com uma farda de tenente da Marinha. O bandido foi autuado e mandado para um presídio para terminar de cumpir sua pena, que deverá ser acrescida de mais alguns anos. A polícia pede que outras vítimas que por acaso o reconheçam façam contato pelos telefones 2332-9994 /9998.

Nenhum comentário:

BlogBlogs.Com.Br