15 de jul de 2011

Dilma defende acordo do pré-sal

Fonte: O Dia Online


Rio - Acordo fechado em 2009 entre governo federal e estados para divisão dos royalties do pré-sal foi defendido ontem pela presidenta Dilma Rousseff. O acerto previa o repasse de 25% para os produtores (Rio, São Paulo e Espírito Santo) e 22% para os demais. O relato ocorreu durante encontro de Dilma com governadores do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli; de Mato Grosso, Silval Barbosa e do Distrito Federal, Agnelo Queiroz.
Pelo acordo, a União deixaria de receber 30% de sua participação para receber 19% e os municípios produtores passariam a receber 6%.

“Ela (Dilma) foi afirmativa: havia esse acordo para reduzir a parte dos estados produtores e da União, mas que foi descumprido”, disse Puccinelli, referindo-se à quebra de acordo por parte de parlamentares da base, no momento da votação. “A presidenta concorda que é preciso reduzir de 26% para 25% os recursos dos estados produtores. Ela foi enfática ao dizer que o acordo que existe é esse e é o preferencial”, afirmou Puccinelli.

Nenhum comentário:

BlogBlogs.Com.Br