24 de jun de 2011

Deputados apuram contratos entre empresas e estado

Fonte: O Dia Online


Oposição pede ao TCE-RJ e ao TCU relatórios sobre os negócios. Objetivo é ter acesso às auditorias das obras

Rio - A bancada de oposição da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) vai solicitar, na segunda-feira, aos tribunais de Contas do Estado (TCE-RJ) e da União (TCU) informações sobre os contratos do governo do Rio com a Delta Construções e as empresas do bilionário Eike Batista. Os parlamentares, que já entraram com requerimento, querem ter acesso a relatórios sobre auditorias das obras.
Delta, de Cavendish, fez contratos de R$ 992,4 milhões em quatro anos | Foto: FolhaPress
“Eles (tribunais) têm muitas informações e podem nos auxiliar nestas investigações sobre o teor desses contratos”, disse o deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL).

A queda de um helicóptero em Porto Seguro, matando sete pessoas na semana passada, revelou a estreita ligação do governador Sérgio Cabral com Eike e o dono da empreiteira Delta, Fernando Cavendish. O primeiro cedeu seu jatinho para que o governador, o filho Marco Antonio e amigos viajassem à Bahia para participar da festa de aniversário de Cavendish.
Nos primeiros quatro anos de gestão do governo Cabral, a Delta acumulou R$ 992,4 milhões em contratos. Somente este ano, dos R$ 241,8 milhões em empenhos para a empresa, R$ 58,7 milhões são fruto de obras realizadas com dispensa de licitação.
Governo nega facilitação para Eike
O governo negou, ontem, ter facilitado para empresas de Eike Batista a obra do Porto Açu, em São João da Barra. Segundo a assessoria, para aprovação do projeto, foram exigidos investimentos de R$ 60 milhões em saneamento na região e de R$ 7 milhões num corredor de Mata Atlântica. O grupo teve que sustentar a criação de três unidades de conservação. E a licença do mineroduto foi dada pelo Ibama, não pelo estado, afirmou.

Nenhum comentário:

BlogBlogs.Com.Br