28 de jun de 2011

Dois mototaxistas são mortos no Andaraí

Fonte: O Dia Online


POR RICARDO ALBUQUERQUE
Rio - Dois mototaxistas morreram e uma passageira ficou ferida na noite desta segunda-feira no ponto de mototáxi na esquina das ruas Gastão Penalva e Paula Brito, no Andaraí, Zona Norte do Rio, a 800 metros do Hospital do Andaraí e a 500 metros da região policiada pela Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). 

Segundo testemunhas, homens armados com pistolas dispararam de dentro de um Pálio vermelho em direção ao ponto final das motos. Os mototáxistas Carlos Henrique Junior, 29 anos, e Antonio Carlos dos Santos Reis, 28, morreram a caminho do Hospital do Andaraí. Parentes das vítimas não quiseram falar sobre os crimes.A passageira Maria Célia Gomes da Silva, 54, levou um tiro no pé enquanto aguardava sua vez de embarcar. Segundo os médicos, ela deverá ter alta nesta terça-feira do hospital.  Um mototaxista disse que os dois foram vítimas da ação de traficantes que reclamaram da suspensão do pagamento de pedágio."Há seis meses começaram as ameaças de diversas formas, por ligações telefônicas e até pessoalmente, por gente ligada ao traficante Cabral, que está preso. Avisamos ao comandante da UPP, mas nenhuma providência foi tomada. Não nos ouviram, por isso deu no que deu", disse um mototaxista, que não quis se identificar.Policiais do Serviço Reservado do 6º BPM (Tijuca) confirmaram a informação do mototaxista sobre a participação de traficantes no atentado. Segundo os policiais, os mototaxistas teriam se recusado a pagar propina aos bandidos, que rendida cerca de R$ 6 mil por mês antes da instalação da UPP no Andaraí.

Nenhum comentário:

BlogBlogs.Com.Br