5 de abr de 2011

Número de vítimas de balas perdidas no Rio é o menor em três anos

Fonte: G1 / RJ

Segundo relatório do ISP, 139 pessoas foram vítimas fatais. 
Capital registrou maior número de pessoas mortas por bala perdida. 

Do G1 RJ
O Instituto de Segurança Pública informou nesta segunda-feira (4) que 139 pessoas foram vítimas de bala perdida em 2010 no estado do Rio. Segundo o relatório divulgado, 15 foram vítimas fatais, enquanto 124 ficaram feridas. Os números registrados do ano passado são os menores em três anos.
VÍTIMAS FATAIS 2010
RegiãoNúmero
de vítimas
Capital11
Baixada2
Grande Niterói0
Interior2
Total do estado15
O levantamento foi feito entre os meses de janeiro a dezembro de 2010. Segundo o ISP, em 2009 foram registradas 193 vítimas, enquanto em 2008 foram 236 e, em 2007, foram 279 vítimas. Em 2009, das 193 vítimas de bala perdida, oito foram fatais enquanto 185 não morreram.
O relatório apresentou as áreas de maior incidência de vítimas de balas perdidas no último ano. A capital fluminense registrou 97 vítimas, totalizando 69,8%. Também foram registradas mortes por bala perdida na Baixada Fluminense e no interior do estado.
Dos atingidos na capital, a maior parte dos registros apontou que as vítimas foram do sexo masculino, e a maioria foi atingida em vias públicas. O ISP divulgou ainda que do total de homicídios dolosos de 2010, 72,2% foram produzidos por armas de fogo. Os meses de maior incidência de vítimas fatais foram abril e maio, com 4 vítimas cada.

A faixa etária mais atingida por bala perdida corresponde aos adultos de 30 a 59 anos. Em cinco registros com vítimas fatais em 2010 foram identificados confrontos policiais, enquanto em nove casos não houve nenhum evento relacionado.
Entre os últimos três anos analisados, 2010 foi o que apresentou menor incidência de vítimas não-fatais. Entre as vítimas não-fatais por bala perdida, o maior percentual correspondeu a jovens entre 18 e 29 anos.

Nenhum comentário:

BlogBlogs.Com.Br