27 de jul de 2011

Crianças holandesas são encontradas sozinhas em barco no Iate Clube

Fonte:  O Dia Online


Pais teriam saído para jantar e deixaram os menores desacompanhados por, aproximadamente, duas horas

POR RICARDO ALBUQUERQUE
Rio - Três crianças holandesas foram encontradas sozinhas em num veleiro ancorado na Baía de Guanabara, a 300 metros do Iate Clube do Rio de Janeiro, por volta de 20h15 desta terça-feira. As crianças — um bebê de colo, outra de 2 anos e o mais velho de 4 — foram encontradas por um pescador, que informou o resgate ao Grupamento Marítimo.
No final da noite, os pais e as crianças foram encaminhados à Delegacia Especial de Atendimento ao Turista (DEAT). Pelas leis brasileiras, os pais, que fazem espécie de volta ao mundo no veleiro, podem ser autuados por abandono de incapaz. 

Os pais teriam ido jantar em um outro barco e por, aproximadamente, duas horas teriam deixado as crianças sozinhas, só reaparecendo quando os três filhos já haviam sido resgatados e acolhidos no Iate Clube, recebendo alimentação e colocados para brincar com outras crianças que estavam no local.Segundo a estudante Victorias Chebar, que ajudou no acolhimento dos três, as crianças chegaram ao Iate Clube muito espantados e assutados, só se tranquilizando após chegarem ao Iate Clube.A primeira a ter contato com os holandeses, foi a estilista Maria Cristina Flynn, que por falar inglês, ajudou os Bombeiros e policiais do DEAT, entenderem os caso. Pelo estado das crianças, Flynn considerou o ato dos pais de "extrema irresponsabilidade".Quando o casal apareceu, a própria estilista repreendeu os pais, que fazem uma espécie de volta ao mundo, dizendo que no Brasil, as leis proibem que se deixem menores sozinhos, desta forma. O casal, ainda não identificado, informou que o filho mais velho teria ficado com um rádio, para eventual necessidade de comunicação.

Nenhum comentário:

BlogBlogs.Com.Br