31 de mai de 2011

Estado vai fechar 22 escolas noturnas

Fonte: Jornal Extra Online


A Secretaria estadual de Educação vai fechar 22 escolas noturnas que funcionam em prédios do município nos quais, de dia, estão localizados colégios administrados pela prefeitura. A transferência de milhares de alunos — ao todo serão transferidas 175 turmas — e de professores será feita após as férias de julho. Ao todo, existem hoje, 250 escolas compartilhadas entre o muni$ípio do Rio e o estado.
O repasse acontecerá sobretudo para escolas da rede estadual próximas das unidades atuais — as distâncias entre os colégios variam de 72 metros a 3 quilômetros. No começo do ano, o governo do estado já tinha fechado 13 escolas noturnas em prédios compartilhados. Pelos dados da Secretaria estadual de Educação, a economia com aluguel por escola, já que o Estado paga para funcionar num prédio da prefeitura, é de R$ 4 mil.

Em algumas escolas, no entanto, a mudança ainda não foi bem digerida. Nesta segunda-feira, a direção do Colégio Estadual José Pedro Varela, que funciona no prédio do Colégio Municipal Mário Cláudio, na Tijuca, comunicou aos alunos a transferência no segundo semestre. Os estudantes vão — a exemplo dos alunos do Colégio Francisco Cabrita — para o Colégio Estadual Herbert Souza, que hoje tem 27 turmas ociosas.
— Sou professora estadual $há 33 anos. Os alunos estão chorando — diz a professora Terezinha Carvalho, de 59 anos.
— Fui assaltada na porta do Herbert. Não quero ir para lá. Adoro o Pedro Varella — disse a aluna Roberta da Silva, de 34 anos.
A secretaria disse que a transferência é porque o Estado paga aluguel e taxa de água para a prefeitura. E isso não faria sentido, já que, somente nas escolas que vão receber os alunos, há 194 turmas ociosas.
Veja a lista de escolas que serão extintas, e os colégios que receberão os alunos:
-Colégio Astolfo Resende será absorvida pelo Instituto Carmela Dutra
-Escola Professor Souza Carneiro será absorvido pelo Colégio Heitor Lira
-Colégio Washington Luis será absorvido pelo Colégio Professor Clóvis Monteiro
-Colégio Professora Nilza Mendonça será absorvido pelo CIEP 339
-Colégio Alfredo de Paula Freitas será absorvido pelo CIEP 339
-Colégio Paulo da Portela será absorvido pelo CIEP 323
-Escola Irã será absorvida pelo Colégio Mato Grosso
-Escola Thomas Mann será absorvida pelo Colégio Pastor Miranda Pinto
-Escola Isabel Mendes será absorvida pelo Colégio Bento Ribeiro
-Escola Pace será absorvida pelo Colégio Paulo Freire
-Colégio Brigadeiro Eduardo Gomes será absorvido pelo Colégio Leonel Azevedo
-Escola Pracinha João da Silva será absorvida pelo Colégio Professor Daltro Santos
-Colégio Professora Silvia Araújo Toledo será absorvido pelo Ciep 183
-Escola Eduardo Rabelo será absorvido pelo Ciep 183
-Colégio Equador será absorvido pelo Colégio João Alfredo
-Colégio Celestino Silva será absorvido pelo Colégio Julia Kubistchek
-Colégio Francisco Cabrita será absorvido pelo Colégio Herbert de Souza
-Colégio José Pedro Varella será absorvido pelo Colégio Herbert de Souza
-Escola General Euclides de Figueiredo será absorvido pelo Colégio Paulo de Frontin
-Escola Evaristo da Veiga será absorvido pelo Colégio Professora Maria Terezinha de Carvalho Machado
-Escola Leitão da Cunha será absorvida pela Escola Laudimia Trotta
-Escola George Sumner será absorvida pelo Colégio Sarmineto

Nenhum comentário:

BlogBlogs.Com.Br